Comandos de console do CS:GO para facilitar a sua vida

Screenshot da janela de console do CS:GO.
Games

Counter-Strike é um dos jogos de tiro mais populares do mundo. Com um cenário competitivo e bem estruturado dentro do game, muitos jogadores levam a “brincadeira” a sério e procuram treinar e aprimorar suas habilidades.

O CS disponibiliza aos jogadores um recurso chamado console. Em resumo, trata-se de uma janela que aceita comandos escritos e se assemelha ao prompt de comando do Windows. Por meio dessa ferramenta, é possível alterar muitas configurações do game, desde a cor da mira até a visibilidade do mapa pelo personagem. Esse recurso pode ser utilizado para melhorar a eficiência em treinos e partidas.

Confira, a seguir, os principais comandos de console do CS:GO para elevar o nível do seu jogo!

Habilitar a interface de console

Para inserir os comandos no console, primeiro é preciso habilitar essa janela. Nas configurações de jogo, basta ativar a opção Habilitar Console de Desenvolvedor.

Uma vez ativado, basta pressionar a tecla de aspas simples para ativar/desativar a janela de console — esse comando funciona tanto no menu quanto dentro de partidas, a qualquer momento.

Janela de configurações do CS:GO.
Janela de configurações do CS.

Personalizar a aparência

Comandos de console também podem ser utilizados para alterar aspectos visuais, sem impacto para outros jogadores, apenas para o usuário que ativa esses recursos.

Crosshair (mira)

Existe uma série de possibilidades para modificar o jeito como a mira dos jogadores aparece na tela. Atletas profissionais de Counter-Strike, inclusive, divulgam suas configurações de crosshair para que outros players possam utilizar como referência.

Alguns comandos para personalizar a mira são:

  • crosshair 0: remove completamente a visualização (utilize crosshair 1 para retornar ao padrão).
  • cl_crosshaircolor [valor]: modifica a cor da mira. Para vermelho, digite 0 no lugar do valor, 1 para verde, 2 para amarelo, 3 para azul escuro e 4 para azul claro. Também há a opção de utilizar uma cor personalizada.
  • cl_crosshairsize [valor]: altera o comprimento das linhas que compõem a mira, com valor mínimo de 0.5.
  • cl_crosshairthickness [valor]: esse comando modifica a espessura das linhas, também com a entrada mínima fixada em 0.5 — o recomendado é testar vários valores até chegar ao resultado desejado.

Viewmodel (o modo como o personagem aparece — braço e arma)

Os comandos de viewmodel afetam a aparência do personagem no jogo. Por exemplo, ao digitar viewmodel_presetpos [valor], é possível alterar o modo como a arma é vista: 1 para a configuração padrão, 2 para mais perto e 3 para uma visualização clássica, conforme presente no Counter-Strike 1.6.

Comandos básicos

Existem alguns comandos básicos que dão uma ideia do que se pode fazer utilizando o console. Saiba que alguns deles não funcionarão em partidas multiplayer, por alterarem aspectos do jogo que poderiam favorecer o jogador — estes só são permitidos em partidas criadas em servidores próprios.

god

Ao digitar god e pressionar a tecla Enter (ou clicar em Submit), o player ficará invulnerável. Da mesma forma, o comando gods garante imunidade a todos os jogadores da partida.

kill

Esse comando, simplesmente, mata o seu personagem. Um outro, denominado bot_kill, elimina todos os bots — terroristas ou CTs que são controlados pela inteligência do jogo.

disconnect

Disconnect é o comando para sair de uma partida. Assim como outras funções comuns, também é possível acessá-las por meio da janela visual do jogo. Porém, alguns usuários mais experientes preferem digitar no console, para não precisarem utilizar o mouse.

quit / exit

Qualquer um desses dois comandos, exit ou quit, causa o fechamento do jogo, retornando para a área de trabalho do computador.

fps_max 0

Ao digitar fps_max 0, o jogo retira o limite de FPS (frames per second). Isso quer dizer que o game passa a utilizar a capacidade máxima do PC, ou seja, quanto mais poderosas forem as configurações, mais frames por segundo o usuário será capaz de aproveitar.

Quanto maior o FPS, menor é o tempo de transição entre as imagens que são exibidas na tela, e melhor é a sensação de um gameplay fluido. Uma taxa de 60 FPS, por exemplo, significa que 60 imagens são mostradas a cada segundo. Valores abaixo de 24 FPS podem dar a impressão de um jogo travado.

clear

Simplesmente um comando para apagar a tela do console, indicado para quando o espaço já estiver cheio de linhas digitadas. O clear não anula o que já foi executado, apenas faz uma limpa visual.

Screenshot da janela de console do CS.
A janela do console de comando do CS:GO.

Comandos úteis para treinos

Para os jogadores que desejam praticar ações específicas, como lançamento de granadas ou a precisão dos tiros em um certo local do mapa, geralmente é utilizado o recurso de criar partidas fechadas, apenas com bots.

Nesses casos, é possível utilizar muitos comandos úteis dentro do console, criando cenários em que é mais rápido treinar algum aspecto repetidas vezes, sem depender das esperas de partidas convencionais.

Ao digitar sv_cheats 1 no console do CS, comandos que são considerados como “trapaças” passam a ser liberados. Alguns exemplos são:

  • sv_showimpacts 1: mostra o local de impacto dos tiros
  • sv_grenade_trajectory 1: é possível visualizar o caminho das granadas
  • NoClip: permite que o jogador voe no mapa e atravesse paredes, útil para explorar por completo cada cenário
Screenshot de uma partida de CS.
Em partidas fechadas, é possível alterar quase todos os aspectos do jogo, adequando a situação para o que o jogador deseja praticar.

Importar arquivos .cfg

A fim de facilitar a vida dos usuários, é possível criar arquivos de texto com vários comandos de console para o CS e executá-los todos de uma vez. Esses são as chamados CFGs.

Para executar esse tipo de arquivo, existe o comando exec. Ao colocar CFGs dentro da pasta do Counter-Strike na Steam, basta digitar exec seguido do nome do arquivo para executá-lo.

O caminho para essa pasta pode variar, dependendo do computador. Porém, em geral, ela segue o seguinte padrão:

C:\Arquivos de Programas (x86)\Steam\steamapps\common\Counter-Strike Global Offensive\csgo.

Vários jogadores profissionais disponibilizam suas próprias configurações, que costumam ter centenas de linhas de comando. Sites como o CSGOProConfig possuem arquivos CFG de vários players, separados por times.

Arquivo .CFG com comandos de console.
As CFGs são arquivos cheios de linhas de comandos de console, que podem ser executadas todas de uma vez.

O player Fallen, um dos mais conhecidos jogadores profissionais de CS do Brasil, em seu canal no YouTube, ensina a criar a sua própria CFG, além de compartilhar dicas das suas próprias configurações:

Os comandos do console do CS:GO são uma maneira prática e rápida de alterar configurações no game, para jogadores que buscam personalizar a experiência do jogo, com a possibilidade de criar ambientes de treino mais específicos.

Para além do que foi abordado nesse post, há uma infinidade de outras funções para o console. Deixe nos comentários os comandos que você mais utiliza no seu gameplay!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *