GTX 1050 Ti

A GTX 1050 Ti ainda vale a pena?

Lançada em outubro de 2016, a placa de vídeo GeForce GTX 1050 Ti deu muito o que falar. Sua grande revolução foi se tornar uma solução perfeita para quem queria jogar os principais games disponíveis, com um consumo de energia inteligente. Com sistema de refrigeração forte e utilizando energia externa, seu pequeno tamanho impressiona por tanta força.


A placa cumpre sua promessa de uma performance cerca de três vezes maior que a da GTX 650, contando também com o que havia de mais avançado na tecnologia do GDDR5.

Porém, em 2017 foram lançadas a GeForce GTX 1070 Ti, GeForce GTX 1080 Ti e NVIDIA TITAN Xp, sem contar que placas como a 1060 e 1080 se tornaram mais acessíveis. Com todos esses lançamentos, ainda vale a pena comprar a GTX 1050 Ti?

GTX 1050 Ti vs GTX 1060

A maioria dos consumidores fica em dúvida entre as placas GTX 1050 Ti e a GTX 1060, por serem modelos da última geração com preço mais em conta. Além disso, tais placas são indicadas para quem não faz questão de jogos em 4K nem em realidade virtual, que exigiriam um potencial maior da placa de vídeo.

Com preços abaixo de R$1 mil (levando em consideração a versão de 3gb de memória da 1060), as duas são adequadas para quem procura jogar games em resolução 1080p. Suas especificações são próximas, mas há diferenças que valem a pena serem apontadas. Em geral, a 1060 oferece um nível superior de desempenho, com mais velocidade em qualquer uma de suas versões. Enquanto isso, a 1050 exige fonte de 300 watts, enquanto sua concorrente pede uma de 400 watts.

334499_Z8927

Mesmo na versão com 3gb, a 1060 chega a ser 50% mais rápida que a Ti, por possuir um número significantemente maior de núcleos de processamento.

Porém, é necessário lembrar que fabricantes podem criar versões mais rápidas da placa, o que altera – e muito – seu desempenho. Por isso, dependendo da versão, a Ti pode ser uma ótima opção, principalmente para quem prefere uma placa mais compacta para montar um PC pequeno.

Se o que você busca é rodar jogos em Full HD, a 1050 Ti é uma ótima opção. Com preços na casa de R$700, ela será o suficiente para rodar jogos oferecendo uma boa performance. Porém, é necessário lembrar que a 1060 terá uma vida útil maior, mesmo que o preço da versão 3gb esteja na faixa de R$900.

GTX 1050 Ti vale a pena dependendo do caso

No fim das contas, o que importa mais é o seu orçamento. A GTX 1050 Ti está longe de ser uma placa ultrapassada ou de baixa qualidade, e é com certeza uma das melhores placas de vídeo para quem pretende gastar por menos de 1000 reais nesse item.

Por mais que a diferença não salte os olhos na teoria, a 1060 é mais avançada e trará vantagens. Mais jogos rodarão na configuração ultra. A vida útil é estendida e você ficará mais tempo tranquilo, sem precisar fazer um upgrade na placa de vídeo.

Confira as principais especificações técnicas da placa, comparada com a GTX 1060 na versão 3gb:

Núcleos CUDA (tecnologia que permite computação paralela): 768 x 1152
Base Clock (MHz): 1290 x 1506
Boost Clock (MHz): 1392 x 1708
Velocidade e quantidade de memória: 7 Gbps, 4gb GDDR5 x 8gbps, 3gb GDDR5
Interface de memória: 128-bit x 192-bit
Consumo de energia: 75W x 120W

Ambas contam com resolução digital máxima de 7680×4320 @60Hz e resolução VGA máxima de 2048×1536, suportando até 4 monitores diferentes.

A diferença é justa: a melhor sai mais caro. Analise o seu orçamento e confira se não vale a pena esperar um pouco mais para adquirir uma placa de vídeo!

Para quem deseja jogar em 1080p, a ótima placa GTX 1050 Ti ainda vale o investimento. Se você procura uma opção cuja vida útil será mais longa, a GTX 1060 é uma opção mais do que satisfatória.

Leia também:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *