Nona geração da Intel

Nona geração da Intel: conheça os principais processadores da linha

A nona geração da Intel foi lançada em 2018 e 2019 e está dando o que falar. Com performance impressionante e diversas opções de processadores, provou-se uma das maiores evoluções entre gerações da Intel.

No post de hoje, você irá entender quais foram as mudanças da oitava para a nona, além dos principais processadores dessa geração. Confira!

O que mudou?

Um dos principais ganhos na nona geração da Intel é a performance. Segundo a empresa, é esperado que os chipsets das novas linhas sejam 34% mais rápidos em tarefas do dia a dia. Durante a apresentação da geração, o i9 9900K apresentou velocidade 10% superior no jogo Hitman, se compararmos com seu antecessor direto.

Com esses ganhos, é esperada uma experiência sem engasgos, rápida e com qualidade. Outro sinônimo de ótima experiência é o Hyper Threading. Se antes ele era visto apenas como um adicional interessante, hoje é um dos recursos mais importantes dos processadores high-end da nona geração da Intel.

O Hyper Threading faz com que o processador funcione como se possuísse mais núcleos do que realmente tem. Infelizmente, a função está presente apenas nos modelos top de linha do processador.

Nona geração da Intel - novidades

Outro ponto que merece atenção é a segurança da nona geração da Intel. Durante 2018, diversos especialistas encontraram e relataram várias brechas de segurança nos processadores da marca, sendo as mais conhecidas chamadas Spectre e Meltdown. Para evitar problemas semelhantes, os processadores sofreram alterações desde em seu design até no microcódigo.

Principais processadores da nona geração

Todas as gerações de processadores da Intel contam com muitos modelos em seu arsenal. Para efeitos de comparação, usaremos aqueles da linha K, que possuem overclock desbloqueado de fábrica. É importante notar que a linha Xtreme é superior, porém a K é a preferência dos gamers, por contar com ótima performance e preço mais amigável.

O poderoso i9 volta ocupando o espaço de flagship, sendo o Core i9 9900K o principal da linha. Com oito núcleos e 16 threads (com Hyper Threading ativado), o processador alcança clock base de 3,6 GHz e impressionantes 5,0 GHz no modo turbo. Seu cache é de 16 MB.

Nona geração da Intel - i9
Imagem: Divulgação / Intel

O i7 pode ter perdido o título de flagship, mas continua sendo um processador incrível. O modelo Core i7 9700K possui clock básico de 3,6 GHz, chegando a 4,9 GHz no modo turbo, oito núcleos e cache de 12 MB.

Já o i5 mantém a fama de intermediário de altíssima qualidade. O modelo Core i5 9600K possui clock base de 3.7 GHz, chegando a 4,6 GHz no modo turbo, seis núcleos e cache de 9 MB.

Confira uma tabela comparativa:

i9 9900K i7 9700K Core i5 9600K
Número de núcleos 8 8 6
Número de threads 16 (Hyper Threading) 8 6
Clock base 3,60 GHz 3,60 GHz 3,70 GHz
Clock turbo 5,00 GHz 4,9 GHz 4,6 GHz
Cache 16 MB
SmartCache
12 MB
SmartCache
9 MB
SmartCache

Vale a pena fazer o upgrade?

Se você deseja estar por dentro as mais novas tecnologias e garantir um novo processador que irá demorar bastante tempo para se tornar obsoleto, vale a pena investir na nona geração da Intel. Porém, se você já está com um processador da sétima ou oitava, apesar de positivo, não há necessidade de troca imediata.

É importante notar que apenas um processador poderoso não é o suficiente para um PC gamer ser considerado top de linha. Se você deseja a melhor experiência possível, é necessário fazer upgrade também em outros componentes.

Que tal upar o seu processador? Conheça os disponíveis na Shopinfo!

cta processadores gamer - intel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *