Elojob: entenda o que é, onde denunciar e qual a punição

menino entediado na frente do computador
GAMESROTINA GAMER

Se você é um gamer, certamente conhece o termo “elojob”, certo?! Essa palavrinha pode ser a responsável por causar arrepios e frustrações em muitos jogadores. Pronto para conhecer todos os detalhes sobre essa prática? Vem com a gente!

O que é elojob?

Antes de entender o termo, talvez seja preciso compreender a etimologia da palavra: elojob é a junção de elo + job.

O prefixo ‘elo’ é uma palavra muito utilizada em jogos como League of Legends para categorizar as divisões dos jogadores, ranqueando os jogadores a partir das suas habilidades in-game.

Por exemplo, no LOL, os elos são classificados da seguinte maneira (organizada em ordem crescente):

  • Ferro;
  • Bronze;
  • Prata;
  • Ouro;
  • Platina;
  • Mestre;
  • Grão-mestre;
  • Desafiante.

Os jogadores que estão no ferro são alocados nesta categoria após jogarem diversas partidas e não desempenharem resultados positivos. Assim, o sistema do jogo entende que a habilidade do jogador é menor do que a dos rankings subsequentes.

Porém, se ele foi categorizado “erroneamente” ou por ter baixa performance nos jogos, o jogador pode continuar jogando até conseguir sobressair os outros players – consequentemente subindo o seu ranking até alcançar os jogadores que possuem uma jogabilidade compatível com a sua.

Já o sufixo “job” é um termo em inglês que significa “trabalho”. Ah, vale mencionar que o elojob também pode ser chamado de “eloboost”, no qual ‘boost’ equivale à “impulso”.

Associou os termos já? Então, o elojob nada mais é do que um serviço na qual o dono de uma conta paga para um jogador mais habilidoso elevar o nível da sua conta até chegar ao ranking (elo) desejado.

Utilizando o sistema de elo para exemplificar: o jogador do elo ferro gostaria de jogar na categoria platina, para isso ele pagaria um jogador platina (ou de elos superiores) para ranquear a conta.

Se você está boiando com os termos, temos um guia de expressões gamers que pode te ajudar!

Quais jogos podem ter eloboost?

Apesar do League of Legends ser um dos precursores do termo, outros jogos também podem sofrer com essa prática, como:

  • DOTA 2;
  • Fortnite;
  • Valorant;
  • Overwatch;
  • Rainbow Six;
  • Apex Legends;
  • World of Warcraft;
  • Call of Duty Modern Warfare;
  • Counter-Strike Global Offensive;
  • Playerunknown’s Battlegrounds.

E a lista não para por aí! Se o jogo possui rank, certamente o eloboost vai atrair alguns de seus jogadores.

Aproveite para conferir os 7 gêneros de jogos para computador!

O elojob é uma prática ilegal?

Sim! O eloboost é considerado um sistema anti-jogo. Ao realizar o impulso da sua conta, você estará afetando a jogabilidade dos outros jogadores.

Pense que, se um jogador de nível inferior for “boostado” até os níveis mais altos, quando ele jogar – apesar da conta estar na categoria – a habilidade do player não será compatível.

Assim, o inimigo terá uma enorme vantagem de skillplay, permitindo que ele fique muito mais forte e, consequentemente, aumentando as chances de vitória do seu time.

Ou seja, um player “jobado” influenciará negativamente o seu time pela falta de recursos, afetando no desempenho e na experiência dos outros quatro jogadores – no caso do League of Legends, em que as partidas são elaboradas no formato 5×5.

Onde reportar o elojob?

Ao identificar ou desconfiar de um possível elojob, no League of Legends, você tem a opção de reportar o jogador no fim da partida.

Assim, os revisores do game vão conferir detalhadamente todos os detalhes de histórico da conta para realizar (ou não) a punição por eloboosting.

É interessante saber que a acusação geralmente não é feita no jogador contratado para subir a conta. Isso porque ele pode ser uma conta smurf (conta alternativa de jogadores de nível elevado). Assim, ele estará apenas ranqueando a sua segunda conta.

Então, o report normalmente ocorre quando o serviço já foi feito, pois, como mencionamos, a jogabilidade do contratante pode não ser equivalente a do nível que a conta ficou – impactando negativamente os outros players.

Qual é a punição por elojob?

No LOL, os jogadores casuais são penalizados com o banimento eterno da conta – tanto pela contratação quanto pela prática do serviço.

Isso significa que a conta submetida ao boost é banida para sempre, assim como as contas vinculadas ao IP do computador do player que está subindo a conta.

Porém, se o elojob for realizado por um jogador profissional, ele também é proibido temporariamente de participar de campeonatos oficiais, aqueles que são elaborados pela desenvolvedora do jogo.

Diversos jogadores profissionais foram penalizados por elojob, veja só:

  • Near (LOL, Brasil);
  • Krow (LOL, Brasil);
  • Zantins (LOL, Brasil);
  • EsA (LOL, Brasil);
  • RedBert (LOL, Brasil);
  • XiaoWeiXiao (LOL, China);
  • Dopa (LOL, Coreia);
  • Kominek (LOL, Polônia);
  • Chrysania (Valorant, Singapura).

Quanto custa o elojob?

Estipular o valor do elojob é uma tarefa bastante complicada, pois diversos fatores podem impactar o custo do “trabalho”. Dentre eles, podemos citar:

Empresa que está disponibilizando o serviço

Por ser um produto comercializável, existem algumas empresas especializadas em elojob. É isso mesmo, eles trabalham apenas com a venda de boosts.

Então, é basicamente a lei da oferta e demanda. Assim uma plataforma pode oferecer promoções, enquanto a outra disponibiliza cupons de desconto etc.

O interessante é que os jogadores de níveis elevados, consequentemente, são os trabalhadores. Assim, é possível ter uma renda extra realizando o eloboosting.

Quantidade de elos desejados

Quanto maior a magnitude de uma obra mais cara ela fica, certo?!

O mesmo vale para o elojob. Ao solicitar o ranqueamento de muitas divisões, o serviço tende a ficar mais caro.

Os rankings mais altos são mais caros

Nos elos mais baixos, o nível de jogo é mais básico, o que torna o boost mais fácil.

Porém, como o nível vai aumentando, o preço segue a mesma proposta. Até porque vai exigir mais da pessoa que realiza o boost.

Tempo estimado para a finalização do boost

Na contratação do serviço, algumas empresas solicitam um prazo médio para a finalização do serviço.

Assim, se o período for curto, o booster terá que jogar mais partidas em menos tempo, aumentando o preço.

Considerando todos esses fatores, caso um jogador queira sair da pior divisão, o Ferro IV, e ir para a melhor, o Desafiante, ele terá que desembolsar em média R$2.500,00.

Não pratique a compra/venda dessa prática!

A nossa recomendação é que você não opte por esse serviço e nem o disponibilize.

Jogos são excelentes opções para se divertir, conhecer pessoas legais e, principalmente, desenvolver o seu gameplay – até porque a competitividade é algo inerente aos jogos.

Ao contratar um eloboost, você estará pulando etapas de desenvolvimento in-game que são valiosas para o compreendimento do jogo de maneira geral.

Então, se você gosta de aprimorar as suas habilidades, estude o jogo, existem inúmeras maneiras de melhorar a sua mecânica dentro e fora da partida.

Portanto, evite a toxicidade! Você estará contribuindo para uma comunidade melhor, deixando o jogo cada vez mais divertido e prazeroso.

Aproveite para continuar navegando pelo nosso blog! Encontre aqui 20 jogos online que rodam em PC fraco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *