Pau para toda obra: o que é um Workstation PC?

Pessoa trabalhando em um Workstation PC.
Tecnologia

Existem diversas categorias de computadores, que variam de acordo com o tipo de uso para o qual as máquinas foram montadas. Entre as classificações, é possível incluir os PCs gamer, computadores para produtividade e os chamados workstations.

A palavra workstation, que pode ser traduzida como estação de trabalho, refere-se aos computadores destinados a usuários que necessitam configurações específicas para o trabalho.

Conheça, neste post, um pouco mais sobre o que é um workstation PC, bem como quais os seus usos mais indicados. Confira!

Ideal para tarefas pesadas

O público-alvo dos workstation PCs são aqueles usuários que exigem computadores capazes de lidar com tarefas pesadas e que demandam cálculos complexos. O exemplo mais comum é o trabalho de edição de vídeo.

A evolução nas resoluções de imagem e na qualidade de captação digital trouxe, como consequência, arquivos de vídeo cada vez maiores em tamanho. Dessa forma, nas atividades de edição, como inserção de cortes e efeitos especiais, exige-se um computador mais potente.

Computador com software de edição de vídeo.
Edição de vídeo é uma das tarefas que mais exige um PC com boas configurações.

Outro exemplo são os programas de modelagem 3D, muito utilizados nos campos da arquitetura, design e engenharia. Esses tipos de software trabalham com a renderização de imagens complexas e pesadas, em tempo real.

Por fim, qualquer trabalho que demande alta performance, em que o tempo de processamento de tarefas impacta diretamente nos rendimentos — e, portanto, deve ser reduzido ao mínimo possível —, pode tirar vantagem de um workstation PC.

Mais poder de processamento

Computadores classificados como workstations, em geral, possuem configurações mais “parrudas” do que máquinas comuns. Isso significa mais memória RAM, unidades de armazenamento confiáveis e com alta velocidade e um alto poder de processamento (CPU), além de uma ótima GPU.

Essas configurações podem variar, também, de acordo com a situação em que estará inserida aquela máquina.

NVIDIA Quadro

Para trabalhar com editores de imagem e vídeo, os programas mais conhecidos são os fornecidos pela Adobe: Photoshop, Lightroom, Premiere e After Effects. Por outro lado, quando se trata de softwares de modelagem 3D, os CADs são os mais populares, como AutoCAD, SolidWorks e Inventor.

Softwares da Adobe instalados em um computador.
Os softwares da Adobe estão entre os programas mais utilizados para edição de imagem e vídeo.

Todos esses programas exigem um processamento de vídeo diferente daquele utilizado em games. Nesse contexto, há uma série específica de placas de vídeo da NVIDIA para lidar com a renderização de imagens para essas aplicações, denominada Quadro.

Outra característica dessas placas é a capacidade de trabalhar com monitores de alta resolução, ou então várias telas simultaneamente. A NVIDIA Quadro P1000, por exemplo, possui suporte para até quatro monitores 5K (5120 × 2880 pixels).

Workstation PC vale a pena?

Um computador com as características de um workstation vale a pena em situações específicas. Para quem deseja jogar, por exemplo, é mais indicado investir em peças e componentes apropriados para games.

Porém, se o caso for trabalhar com alguma das atividades mencionadas, utilizar um workstation PC pode significar ganhos de performance e maior produtividade. Mesmo assim, é recomendado sempre pesquisar e conhecer mais sobre as necessidades em questão, a fim de evitar comprar uma máquina insuficiente, ou até poderosa demais.

A Shopinfo dispõe de uma série de computadores montados, incluindo PCs especializados em jogos e workstations, para trabalho. Clique no banner para conferir!

Banner para página de Workstations da Shopinfo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *